terça-feira, maio 23, 2006

O Guardião do Vulcão



"Detiknews Informa:
A interrupção da atividade do vulcão Merapi fez hoje centenas de habitantes da região voltarem para suas casas, a poucos quilômetros da cratera (...) Algumas famílias subiram as encostas para trabalhar na agricultura.
A população local venera a montanha. Várias pessoas desde quarta-feira fazem uma oração coletiva liderada por Mbah Marijan, considerado o guardião do Merapi, em Sri Manganti, um dos lugares sagrados do vulcão, a apenas três quilômetros do topo. Todas as tentativas da Polícia de convencer Marijan a abandonar o Merapi foram inúteis."


Ficou e ainda está.
Não alimentado as vacas como a senhora da história anterior.
Este é Mbah Marijan, o Guardião Espiritual da Montanha de Fogo.
Ele não questiona o destino de estar e ficar. E se for para morrer, que seja aos pés da Montanha e que seu espirito se junte ao da Montanha.

7 comentários:

Johnny Kagyn disse...

Tipicamente Kagyn/Gabud agora:
Sim, bonito, mas nem por isso menos idiota. (desculpe Li, não resisti!)
É a fé movendo montanhas e plantando "guardiões espirituais" aos pés de vulcões temperamentais.

fernando bizarri disse...

Concordo, Kagyn. Engraçado é que pragmaticamente nada afirma nem nega a possibilidade de a fé dos moradores ter parado a atividade do vulcão, mesmo que tenha sido coincidência. Mas me soa como se ao que o vulcão entrasse em erupção os fiéis fossem enxergar também nisso uma prova de divindade.

Claudio Rosa disse...

Não há o que errar! O guardião faz o que ele acredita, bendita fé!
As pessoas acreditam no guardião.
Um intermédiário! E na montanha.
E QUASE NINGUÉM acredita nelas.

Agora a erupção pode acontecer, pois a montanha já mostrou-se misericordiosa, já pode mostrar seu poder.

Amém!

E o senhor Mbah Marijan pode e vai morrer em paz, pois o que ele acreditou ter que fazer em vida ele já fez.

Alissandra Rocha disse...

AHHH Garotos! Sempre destruindo a poética da vida, hahahhaa!!!!

Bem, vou citar um frase do Professor Antonio Medina, especialista em história grega:

"O homem só irá se livrar do conceito de DESTINO, quando se livrar do conceito de DIVINO, quando lançarmos mão dos deuses, sejam eles religiosos ou institucionais ( pais, chefes, políticos... )."

Moonwhisper disse...

Para mim acreditar vem do conceito das cetezas das coisas, certamante por conhecer muito bem o vulcão, ele sabia que nada poderia acontecer.

Johnny Kagyn disse...

Só lembrando que o vulcão apenas acalmou, mas pode entrar em erupção a qualquer momento...
Mas é bom ver que nem todo chefe religioso é tão insensato.
Em sua última visita ao Brasil o Dalai Lama disse com todas as palavras que se a ciência provar que conceitos de sua religião estão equivocados, que a religião deve sim reavaliar e adaptar-se. Veja a matéria: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u59934.shtml

Johnny Kagyn disse...

Já começou. O Vulcão está em atividade. O povo está fugindo...


Contador Grátis